Últimos Posts

Vereador propõe a criação de Câmara Itinerante alegando dificuldade de mobilidade da população


Sem entrar no mérito da criação de novos gastos, pois obviamente a estrutura com a instalação de equipamentos e deslocamento de funcionários irá aumentar os gastos com as sessões, temos a questão da absoluta falta de necessidade do projeto em questão.

Ao invés de propor projetos de fiscalização dos gastos do Executivo ou Leis que realmente sejam de interesse da população, apresenta-se tal projeto que, em tese, funcionaria mais como marketing pessoal dos vereadores do que benefício para a população.

Provar que a fundamentação é absurda é bem simples.

SE A SESSÃO ITINERANTE VAI SER REALIZADA EM UM BAIRRO X, QUE É MUITO DISTANTE DOS BAIRROS W, Z, Y, K, L, J,U, T.

DESTE MODO, ENQUANTO UM BAIRRO É ATENDIDO, TODOS OS DEMAIS CONTINUARÃO SOFRENDO O MESMO PROBLEMA E SEM ACESSO IGUALITÁRIO À SESSÃO DA CÂMARA, JÁ QUE TERÃO QUE SE LOCOMOVER ATÉ UM BAIRRO MUITAS VEZES MAIS DISTANTES QUE A PRÓPRIA CÂMARA DE VEREADORES.

Nessa lógica absurda, a população teria condições de somente acompanhar uma única sessão em seu bairro, continuando impossibilitada de ir as demais sessões em outros bairros. E é óbvio que se ela pode ir a outros bairros, também poderá se dirigir a região central e assistir diretamente nas dependências da Câmara de Vereadores, demonstrando a total inutilidade do projeto.

Vale lembrar que a Câmara de Penápolis já transmite em tempo real as sessões por meio da Internet,  rádio e TV a cabo, o que obviamente permite que a população que supostamente não tenha como se locomover possa acompanhar o que é ou deixa de ser feito nas sessões públicas da referida casa de leis.

As justificativas apresentadas pelo vereador José Santino (conhecido como Zezinho Leiteiro) em nada justificam a criação de mais gastos na Câmara Municipal de Penápolis, sendo que o projeto pode ser visto na íntegra clicando aqui.

O que mais causa estranheza é o fato desse projeto ser apresentado exatamente em ano de eleições municipais. Será que há alguma relação entre eles?

Ora, se uma pessoa não pode comparecer à sessão da Câmara, ela tem diversas outras opções para acompanhar as sessões legislativas, podendo ouvir através de um rádio de pilha, um celular, computador ou televisão.

Fonte: Câmara de Vereadores de Penápolis

Publicações Recentes

»

Vereadores penapolenses gastam cerca de R$ 400 por sessão com lanches como X-Burger de costela

Não bastassem os altos salários que os vereadores de Penápolis ...

»

Presidente da Câmara de Birigui quer reduzir subsídios de vereadores para 01 salário mínimo

O presidente da Câmara de Vereadores de Birigui/SP Felipe Barone ...

»

Será que o presidente da Câmara vai cumprir a lei ou vai manter os comissionados em cargos ilegais?

Será que o atual presidente da Câmara de Vereadores de Penápolis ...